segunda-feira, 30 de março de 2015

Escândalo abafado na Prefeitura de Padre Paraiso


'Reportagem  Coruja do Vale do  dia 30 de março de 2015 "

Diante de tantos processos e condenações, tornando inclusive funcionários do alto escalão da Administração da Prefeitura de Padre Paraiso, que impossibilitados por lei de ocupação a cargos públicos, mas que estão ativos e em exercícios. Surge uma pergunta que está sem resposta: “ONDE FICA A CÂMARA MUNICIPAL” nesta particularidade?

Interesse, qual? Conveniência? Inoperância ou Incapacidade?

É público e notório que assim como a Câmara dos Deputados, a câmara municipal é o órgão legislador do município, com várias atribuições no que diz respeito ao patrimônio público, inclusive órgão fiscalizador de todas as secretarias, departamentos e funcionalismo municipal.

Bom lembrar que nem a população, qualquer outra pessoa ou órgão de tal competência corregedora, tem o poder adivinhar fatos ou falcatruas. Mesmo sendo exagerada a notícia ou comentário, a presença ou fato aproximou do assunto real.

As diplomações do (a) prefeito (a) e vice, da Câmara Municipal, normalmente tem o procedimento num fórum, ficando depois o evento das posses a cargo de cada.

Mas no dia 1º de Janeiro, acontece em todo território nacional estas posses, e no segundo dia de sua posse a Prefeita Dulcinéia Duarte de Souza Pinto, agraciou seu cônjuge com o cargo de Secretário Municipal da Saúde, sendo que este estava sob condenação judicial (Art. 267 CPC) impossibilitado de assumir qualquer ocupação municipal, além do Nepotismo.

Além deste contratado, seguem outros condenados que também estavam impossibilitados de assumirem cargos públicos (publicados na reportagem anterior), ainda mais em Secretarias que tramitam atividades financeiras.

OBS: No aguardo da Justificativa da Câmara Municipal de Padre Paraiso por inatividade deste exercício, este informativo estará buscando junto ao Ministério Publico Federal (em Governador Valadares), todos os processos e materiais judiciais para a publicação detalhada (nomes completos e cargos).

Note bem: O D.D. Presidente da Câmara em questão, foi solicitada uma entrevista pelo Coruja do Vale e Lente do Vale para qual sua justificativa era ocupação inadiável, ficando, portanto fazer contato, o que não aconteceu até o presente).


Há segundo comentários aleatórios da população, várias irregularidades supostas, mas já na trilha de informações concretas.

Reporter Metzker 

Nenhum comentário:

Postar um comentário