domingo, 29 de março de 2015

IMPÉRIO É O REGIME DA ADMINISTRAÇÃO DE PADRE PARAISO

"Reportagem  Coruja do Vale  do dia 28 março de 2015"


Padre Paraiso situada no Vale do Mucuri divisando com o Vale do Jequitinhonha, cortada de norte a sul pela BR116, dista da Capital mineira 545 km (direção Governador Valadares), vive uma administração com regime de Império Faraônico.

Tantas irregularidades expostas com documentações comprobatórias, denunciadas e captadas por Advogados e líderes de Partidos, que tornou uma indignação generalizada na população.

A maioria da Câmara Municipal pertence ao grupo Politico da Chefa do Executivo, portanto torna-se omissa a atos e providências corretivas ou de acato e obediência às leis do território nacional. 

Como no caso principal do Nepotismo ao qual está publicada anexa a esta noticia o primeiro decreto de nomeação ao Cargo de Secretário Municipal de Saúde o Senhor cônjuge.

Estão sendo formados grupos de políticos e partidos, para constituírem comissões de providências juntos aos Órgãos de Competência Judiciária.

O fato escandaloso está encadeando uma manifestação pública, que provavelmente tornará uma paralização populacional, já que a Câmara Municipal não manifesta o repúdio ou providências para a legalidade.

Solicitações e representações já foram encaminhadas ao Ministério Público de Araçuaí, mas a população pretende junto à imprensa levar à Ouvidoria Pública Federal dos órgãos nacionais.

As suspeitas e comprovações são várias de irregularidades em pratica no município, o que está conduzindo as denúncias com suporte advocatício da localidade, já com aberturas de portas e entrada em gabinetes de “Procuradores” Geral e Desembargadores da capital mineira.

Sigam as notícias da continuação deste infortúnio do município, observem os decretos assinados com suas respectivas datas, abaixo deste artigo.

NB: Outras irregularidades supostas e suspeitas estão sendo investigadas com ajuntamento dos documentos de comprovação para dar andamento às providências cabíveis.


A reunião acima citada de partidos e políticos aconteceu às 19h30m, na Casa Paroquial da Cidade, os partidos presentes foram: PT-DEM-PV-PC do B-PROS-PSC-PPS-PTN-PHS-PRB-PSB, o tema principal, restauração da moralidade administrativa da cidade, com providências suscetíveis ao “impeachment” municipal. Esta reunião foi presidida pelo Assistente Social Sr. Ernane Silva (PC do B e membro da diretoria FECAJE).





Obs: Todos estes nomeados com processos na JUSTIÇA

FOTO ABAIXO DA REUNIÃO DOS PARTIDOS (acima pronunciada)



Reporter Mezker.

Um comentário:

  1. A Lei poderia punir também os detentores de cargos no Legislativo Federal, Estadual e Municipal, por omissão no cumprimento do seus deveres.

    ResponderExcluir