terça-feira, 24 de março de 2015

MP faz operação contra corrupção e prende vereadores em Bicas

"Reportagem Coruja do Vale do dia  24 de março de 2915".


Esquema de cobrança de propina funcionava dentro da Câmara Municipal. Empresários eram extorquidos para ter seus projetos aprovados
Pelo menos seis vereadores de São Joaquim de Bicas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foram presos na manhã desta terça-feira em uma operação deflagrada pelo Ministério Público de Minas Gerais para combater esquema de corrupção que funcionava na Câmara Municipal da cidade. Com o apoio da Polícia Civil e da Polícia Militar, os promotores estão cumprindo mandados de prisão e de busca e apreensão no prédio da Câmara e na residência dos vereadores.

De acordo com as primeiras informações, o esquema funcionava mediante a cobrança de propina de empresários que desejavam ter projetos aprovados no município e que dependiam de autorização da Câmara Municipal. Os vereadores procuravam o empresário e informavam que seu projeto só seria aprovado depois do pagamento do suborno.

São Joaquim de Bicas tem 11 vereadores e, segundo a denúncia, o presidente da Câmara está sendo procurado pela polícia, pois há indícios de que ele era o chefe da organização que extorquia os empresários
Reporter  Metzker.

Nenhum comentário:

Postar um comentário