sexta-feira, 20 de março de 2015

Prefeito é preso em flagrante quando recebia R$ 100 mil de propina


Mauro Henrique, prefeito de São Sebastião do Alto (RJ), foi preso pela PF.
Ele estava recebendo propina no estacionamento de um posto na BR-101.
Um prefeito de São Sebastião do Alto, na Região Serrana do Rio de Janeiro, foi preso em flagrante recebendo R$ 100 mil de propina.
 No início da noite de quarta-feira (18), o prefeito de São Sebastião do Alto (RJ), Mauro Henrique, do PT, chegou à Polícia Federal, em Niterói (RJ). 
O prefeito foi preso em flagrante, no estacionamento de um posto de gasolina, na BR-101, às 14h.

Quem denunciou o caso à polícia foi um empresário que não quer se identificar. Ele ganhou duas licitações do município. “Viemos participar da licitação, como qualquer um pode vir participar. Aí participamos, ganhamos, tudo legal e ele foi e exigiu os 10%. Tinha que dar o dinheiro para assinar o contrato”, conta o empresário.

O delegado encontrou R$ 100 mil no carro do prefeito dentro de uma mochila. O segurança dele que também foi preso com uma pistola e quatro carregadores.

Esses R$ 100 mil representam 10% do valor de duas licitações para obras de saneamento e da saúde do município de São Sebastião do Alto (RJ), que fica na Região Serrana, a 370 km do Rio, e tem 9 mil habitantes.

Há menos de um ano, o prefeito Carmond Bastos, do PT, teve o mandato cassado por desvios de
recursos. Mauro Henrique era o vice, do mesmo partido, e tinha assumido o mandato em abril de 2014.

 recursos. Mauro Henrique era o vice, do mesmo partido, e tinha assumido o mandato em abril de 20

“Ele vai responder pelo crime de concussão, previsto no Código Penal, que as penas vão até oito anos de reclusão e nós vamos continuar as investigações para ver se outras licitações também foram fraudadas ou foi exigido quantia de propina como esse caso aqui”, explica Jerônimo José da Silva, delegado da Polícia Federal.

Fonte: Metzker -Coruja do Vale.






Nenhum comentário:

Postar um comentário