sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Homicídio consumado em Águas Vermelhas


Em 31/08/15, na cidade de AGUAS VERMELHAS, a guarnição composta pelo SGT NIXON e CB MAURICIO foram Acionados por populares a comparecerem no DISTRITO DE MACHADO MINEIRO onde encontraram o suposto autor CLAUDIR DE SOUSA, 38 anos, detido pela população após ter atingido a vítima EDIO FERREIRA DOS SANTOS, 44 anos, com um golpe de faca na região da virilha, o autor apresentava ferimentos/hematomas na região do rosto, ferimentos os quais teriam sido provocados por pessoas não identificadas quando o imobilizaram, apresentava também sinais de embriagues; a vítima foi socorrida por terceiros ate o hospital Santa Lucia em ÁGUAS VERMELHAS/MG, dando entrada na unidade de pronto socorro já em óbito,registro de atendimento médico nr 00183764, diagnosticada uma perfuração única na  coxa esquerda e lesão da artéria femural com hemorragia abundante.

A testemunha M.O.FRANCO, disse que estava no interior de sua residência, que fica em frente ao local do fato, quando ao ouvir um barulho de discussão saiu no portão da casa, momento que visualizou a vítima EDIO vindo correndo do portão do imóvel (pertencente a vítima), com uma espingarda e apontou a arma em direção do irmão ELSON FERREIRA DOS SANTOS com quem estaria brigando, e em seguida deu alguns chutes em ELSON, naquele instante o suposto autor CLAUDIR que estava próximo falou para EDIO se acalmar; que então EDIO passou a agredi-lo também, batendo com a espingarda na cabeça do mesmo e quando EDIO se virou para entrar no portão de volta ao interior do quintal do imóvel, CLAUDIR se aproximou dele por trás sacou a faca da cintura e o atingiu, em seguida os dois caíram ao solo, logo depois o suposto autor se levantou pegou a faca e saiu normalmente do local, foi quando populares se reuniram e evitaram a fuga de CLAUDIR.

Que ELSON então retirou a espingarda do local e levou para o interior da casa onde mora. Ainda de acordo com as testemunhas não tinham conhecimento de rixas e desentendimentos pretéritos entre vítima e autor, também não souberam os motivos que levaram a briga da vítima com o irmão. ELSON que também apresentava sinais de embriagues, disse que não sabia e não se lembrava de nada do que tinha acontecido, familiares relataram que ele tem problemas de amnésia, situação agravada pelo uso constante de bebida alcoólica.

A espingarda foi encontrada no quintal da casa de ELSON, sendo recolhida e apreendida.

O suposto autor foi encaminhado para atendimento e depois foi conduzido preso para 2º DRPC(PEDRA AZUL), ele alegou que a vítima o empurrou e bateu em sua cabeça com uma espingarda, sem motivos; que em data anterior também foi agredido pela vítima, por isso teria reagido. Disse que não se lembrava do local onde deixou a faca que utilizou no crime. Registrado .  BO-756

Nenhum comentário:

Postar um comentário